segunda-feira, 31 de outubro de 2011

CREME MARIANA - AMEND



LINHA NÃO FABRICADA MAIS     :(


PERDEMOS NOSSO QUERIDO MARIANA, PENA PARA ELES QUE DEIXARAM QUE GANHAR MAIS DINHEIRO

O leave in da linha amend Mariana, faz muito sucesso entre as cacheadas, devido seu alto poder de hidratação nos fios. Embora tenha uma consistência rala ele ajuda a definir bem seus cachinhos, a linha era composta por 6 a 8 tipos, mas hoje só são encontrados 4 tipos, incluse no site da amend também só são mencionados esses 4.

Ele custa em média entre R$ 4,00 a R$ 5,60 por aí, até menos, a única desvantagem é a embalagem que deixa a desejar, fica a dica amend... Mas é só você colocar em uma embalagem dosadora, pronto fica bem melhor.


Abacate
- cabelos frágeis e muito secos Reduz o volume, fortalece os fios frágeis e hidrata os cabelos secos, dando mais resistência e brilho.
Karité - cabelos crespos e ressecados Restaura e fortalece os cabelos crespos e ressecados, deixando-os macios, brilhantes, menos elétricos e com volume ideal.
Cupuaçu - cabelos crespos e danificados quimicamente Reduz o volume, fortalece os fios frágeis e hidrata os cabelos secos, dando mais resistência e brilho.
Óleo de Macadâmia - cabelos crespos e desidratados Hidrata, reduz a fragilidade, melhora a penteabilidade, protege da ação dos agentes externos e reduz o volume.


Eu já testei todos, mas gostei bem mais do cupuaçu.

E você já usou Mariana??? conte-nos o que achou .

E para quem não consegue encontrar o mariana da amend, pode estar clicando no link para enviar dados de sua cidade, assim a equipe da amend responderá seu email informando os pontos de vendas.

Onde encontrar aqui

Bjos...

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

MOROCCANOIL




Os produtos da linha Moroccanoil, ou melhor "ouro marroquino", tem em suas fórmulas o óleo de argan, um extrato vegetal de sementes de uma árvore marroquina. Com poder antioxidante e proteção contra os raios UV, é uma mistura rica em vitamina A, que melhora a elasticidade dos fios, e vitamina E que protege contra radicais livres e carrega fenóis, servindo de escudo para as agressões externas. Ele é um mix poderoso que proporciona grandes resultados.




Máscara hidratante Moroccanoil
É um creme de alto rendimento e que não necessita de calor pra ativar. Cinco a sete minutos no chuveiro mesmo são suficientes para hidratar o cabelo e agregar as proteínas necessárias, proporcionando brilho e elasticidade. Segundo a marca, com o uso contínuo o cabelo fica revitalizado, tendo seu brilho e maciez restaurados.

A recomendação dos especialistas é usar essa máscara uma ou duas vezes por semana, até que o cabelo recupere uma textura saudável. Eu acho legal usar duas vezes por semana no primeiro mês e à partir daí manter o tratamento uma vez por semana, para manter.

Duas dicas de profissionais para usar sua máscara:

1 – Pra potencializar o efeito, misture uma colher de chá do óleo de tratamento Moroccanoil. Isso faz com que os efeitos antioxidantes do óleo atuem em conjunto com a máscara, proporcionando mais brilho.
2 - A máscara pode ser utilizada como pomada anti-frizz/finalizadora. Depois de secar o cabelo (seja de forma natural ou com secador), molhe a ponta do indicador na máscara, espalhe bem na mão, e aplique suavemente no comprimento do cabelo. O resultado? Fios brilhantes, macios e cheirosos, podem confiar!

A máscara é vendida em dois tamanhos: 250 e 500ml.




Mascara Restorative Hair Mask se você faz progressiva, alisamento, relaxamento, tintura, mechas, enfim, tem o cabelo quimicamente tratado, a máscara é ótima para você.


Ela possui queratina o que vai ajudar na recuperação dos seus cabelos. Se você não faz uso de nenhuma quimica nos fios, não é muito indicado, por que sabemos que toda mascara reconstrutora tem melhor efeito em fios que necessitam ser reconstruidos. Por esse motivos muitas meninas que usaram não sentiram nada e até falam mal da mascara, rsrs.
Assim como a máscara hidratante, para potencializar o efeito da máscara se recomenda misturar uma colher de chá do óleo de argan Moroccanoil. Isso faz com que os efeitos antioxidantes do óleo atuem em conjunto com a máscara, proporcionando mais brilho.Essa máscara precisa de condicionador depois de aplicar. Então lave o cabelo com shampoo, aplique a máscara, espere o tempo recomendado (entre 7 e 9 minutos), enxágue, e depois aplique um condicionador nos cabelos.

O condicionador é que vai deixar os cabelos macios, porque a máscara restaura, não hidrata.
Ela é vendida em dois tamanhos: 250 ou 500ml.



Óleo de tratamento Moroccanoil


Trata-se de um óleo não Oleoso!! Isso mesmo! Tem fórmula ultraleve, é instantaneamente absorvido pelo fio, deixando um acabamento sedoso, um brilho maravilhoso, com um aspecto natural e sem deixar resíduos no cabelo. Restaura os fios danificados por químicas ou fatores ambientais e hidrata profundamente.

Há também a versão light, para aquelas que têm medo de usar o produto e deixar o cabelo oleoso ou pesado, os dois têm as mesmas propriedades, a diferença é que o light é um pouco mais líquido que o tradicional, mas a base é a mesma.






LINHA CACHOS

Os produtos da Moroccanoil são pra todos os tipos de cabelos, mas eles fizeram três pensando especificamente em meninas de cabelos ondulados e cacheados.



É um creme para pentear sem enxague com antioxidantes e propriedades hidratantes intensivas. Promete aumentar o brilho e definir os cachos, deixando-os suaves e hidratados sem resíduos pegajosos. Lembram da dica de misturar um pouco do óleo com creme vale para esse também.

Leave in que desembaraça, condiciona e controla os cachos. Promete ativar a memória dos cachos, para que fiquem suaves, naturais e flexíveis. Além disso, elimina o frizz causado por fatores climáticos. É recomendado secar um pouco o cabelo com a toalha e usar uma ou duas porções do produtos. Depois é só secar como de costume (com difusor ou naturalmente).

É um mousse de fixação suave e natural. Serve para pentear, eliminar o frizz, dar forma e controlar os cachos. A recomendação é secar bem o cabelo com uma toalha, aplicar uma boa quantidade, depois pentear com os dedos, e deixar secar naturalmente ou com o difusor.

Particularmente eu tenho vontade de experimetar o Óleo, a máscara reconstrutora e quem sabe esse Intense e Control creme da linha cachos, que me chamaram a atenção também.


Alguem já usou a linha? Poste aqui sua opinião.





Onde comprar :
Eu indico essas duas lojas virtuais, uma é nossa queridissima Vanessa da comunidade cabelos cacheados.
E o outro são minhas preferidas em questão de make up agora também com esse lançamento para cabelos.
Click na imagem



ÓLEO DE ARGAN




Não se fala em outra coisa quando o assunto é cabelo senão do óleo de Argan. Fruto de origem marroquina, com produção israelense, o óleo é rico em vitaminas A, D e E. A promessa é de uma super hidratação e recuperação da elasticidade dos fios.

Quando a gente pensa em óleo, logo vem à mente uma imagem de cabelos pesados. Mas o que dizem é que este é tão leve que pode ser usado diariamente em todos os tipos de cabelo, desde que não seja aplicado diretamente sobre o couro cabeludo.

Ele pode ser usado como um condicionador, depois do shampoo, misturado à mascaras de tratamento ou depois da escova ou chapinha, para reparar as pontas. Como todo óleo, alerta Frederico Kladt, não pode ser aquecido a altas temperaturas. Ou seja, não caia na cilada de profissionais que aplicam o produto antes da escova progressiva (ou pior, misturado à química) ou ainda para fazer escova ou chapinha, a não ser que seja apenas pouca quantidade somente para dar brilho, tem gente em enxhe e quer fazer cauterização depois aff. Por outro lado, aplicar o óleo antes de receber tintura é uma dica dos profissionais para proteger os fios.

Os óleos são excelentes para recuperar os fios. Mas não existe fórmula milagrosa que faça os cabelos resistirem ao excesso de químicas. Ou seja, evitar danificar é fundamental para manter os cabelos bonitos.

É bom ficar atento também à qualidade dos óleos. O produto realmente é caro, ou seja, fórmulas muito baratas misturam óleos minerais, que deixam os cabelos pesados e sem vida.


Segue algumas dicas de produtos eu consegui no blog mais Bonita.



1 - Óleo de tratamento Moroccanoil - Preço médio: R$150,00
2 - Óleo de argan orgânico da Cris Dios - Preço médio R$92,44
3 - Orofluido, Revlon Professional - Preço médio: R$147
4 - Leave-in Maxi Hidratante da Lacan - Preço médio: R$22,00
5 - Xampu Maxicontrol, Farmaervas - Preço médio: R$8,00
6 - Creme de tratamento Novex da Embelleze - Preço médio: R$17,00
7 - Restorative Skin Salve, Kiehl's - Preço médio: R$89,00
8 - Óleo de tratamento Inoar Professional - Preço médio: R$96,00



Fico pensando se realmente vale a pena comprar produtos que contenham o óleo de argan ou se não seria melhor comprar apenas o óleo de argan vegetal, sei lá acho que nesse caso o efeito seria melhor, uma vez que sabemos que misturado nos cremes perdem um pouco da eficacia quando misturado a silicones e afins...

Estou vendo se testo esse aqui da Sabão de Glicerina, orgânico.


Óleo de Argan Orgânico- 25ml/100ml

Ouro do Marrocos prensado a frio e desodorizadoR$ 16,80



Ainda não comprei o Óleo, porém testei um lançamento no Salão Lunablu com, esse óleo e adorei o resultado nos fios, pena que ainda não lançaram para venda mais em breve.


E você, já experimentou o óleo de argan?

terça-feira, 25 de outubro de 2011

ÓLEOS VEGETAIS E SEUS BENEFÍCIOS PARA A PELE




Óleos Vegetais


Por sua semelhança com a estrutura da pele, os óleos vegetais reagem melhor com o tecido e permitem que tanto a água, como outros princípios ativos existentes nos cosméticos aplicados sejam bem absorvidos.


Extraídos principalmente das sementes de plantas e frutas, os óleos vegetais aumentam a proteção da pele e cabelos contra a perda excessiva de líquidos, permitem a respiração cutânea e assimilam a luz solar. Quando aplicado na pele ou cabelos, grande parte do óleo vegetal é absorvida e processada pelas enzimas, ao contrário dos óleos minerais, que podem causar danos, como o entupimento de póros por serem derivados do petróleo, repelindo a água e impedindo a absorção de ativos de base hídrica.



Abacateiro:
Um dos óleos de mais fácil absorção pelas camadas mais profundas da pele, deixando-a macia e flexível. Excelente para massagens faciais. Elimina linhas e sinais de envelhecimento. Rico em vitamina A e E, vitamina do complexo B, lipídios, aminoácidos e substâncias antibióticas.

Amêndoa Doce: Usado com frequência, ajuda a prevenir estrias e suavizar peles secas. Auxilia no tratamento anti rugas, melhorando a flexibilidade e elasticidade da pele. É excelente para peles que sofreram exposição ao sol e ao vento. É um óleo muito utilizado em aromaterapia para tratar eczemas, ajudando a diminuir irritações e inflamações.

Andiroba: Recomendada para peles com problemas de eczema, ressecadas e rachadas, pois tem grande poder anti-inflamatório. Também utilizado como anti-reumático e repelente de insetos.

Babaçu: É um óleo tão fino que em questão de segundos penetra pelos poros da pele. Esta sua propriedade o torna um do melhores óleos vegetais para fabricação de cosméticos, tem alto poder de emoliência e hidratação.

Buriti: As propriedades emolientes do óleo de Buriti formam um delicado filme sobre a pele, deixando-a macia e sedosa ao toque, ajudando a controlar a umidade natural da pele. Quando utilizado com frequência, auxilia na prevenção de estrias.

Copaíba: Usado como anti-inflamatório, é indicado para controlar todo tipo de desordem da pele, como dermatose, psoríase, feridas, urticária e furúnculo. Utilizado para fabricação de cremes, sabonetes e shampoos.

Gérmem de Trigo: É indicado para todo tipo de pele, sendo rico em vitamina A, D e E, ácido linolêico e fosfolipídios. É um óleo naturalmente antioxidante, com boa penetração cutânea. nutre e hidrata peles secas e rachadas, sendo também excelente para peles com problemas de eczema e psoríase. Ótimo para prevenção de estrias.

Girassol: Contém alta concentração de vitamina E, B e minerais, sendo seu uso recomendado para peles delicadas e secas. Possui ação emoliente e revitalizante.

Maracujá: Rico em ácidos graxos, confere emoliência através da formação de um filme protetor, deixando a pele macia ao toque. É adstringente, anti séptico, refrescante e vaos protetor.

Semente de Uva: É um óleo que é absorvido rapidamente, tonando-o excelente para todos os tipos de pele. Regenera e mantém o tecido cutâneo, revitalizando-o. É adstringente, leve e ajuda a tonificar a pele. Esse óleo não agrava pele acneicas. É de grande utilidade na prevenção de estrias, devido a sua elevada concentração de alfatocofenol.

Oliva Virgem: É comprovado que o azeite de oliva é uma forma natural de manter a beleza da pele, das unhas e dos cabelos. O azeite de oliva possui vitamina A, D, K e E, sendo um poderoso antioxidante, que ajuda a retardar o envelhecimento da pele. Atua como anti-rugas, hidratante e suavizante para peles secas. Também possui propriedades purificadoras, calmantes e melhora a elasticidade da pele.

Nozes: O óleo apresenta coloração levemente dourada e mantém preservado o sabor, intenso dessa noz nativa da América do Norte. Possui alto teor de vitamina E, atuando também como anti-oxidante natural. Quando usado topicamente, ou como emoliente, auxilia no tratamento de afecções da pele.

Avelã: O óleo de avelã é extremamente conhecido pelas suas propriedades adstringentes. Estimula a circulação sanguínea, ajudando a tonificar e reafirmar a pele. Pode ser aplicada em todos os tipos de pele.

Calêndula: É usado vastamente como antibacteriano, anti-séptico, anti-espasmódico, renovador celular e cicatrizante.

Rosa Mosqueta: É excelente para renovação celular, adstringente, atenuante de rugas e rico em vitamina C. Indicado para o tratamento de estrias.

Camomila: É muito utilizado como analgésico, anti-alérgico, anti-bacteriano, sedativo, anti-espasmódico, anti-fúngico, anti-inflamatório, anti-oxidante, anti-ulcerosa e cicatrizante.

Melaleuca: Contém propriedade anti-séptica e é considerado como o desinfetante ideal da pele. Suas aplicações são como anti-sépticos e anti-fúngicos.




Para as mamães de plantão, o óleo de melaleuca é otimo também para picadas de insetos, e até mesmo para ralados, no dia seguinte ja cicatrizando, tenho sempre um à mão em casa.




Onde encontrar pela net

http://www.emporioaroma.com.br
http://www.sabaoeglicerina.com.br/

MANTEIGAS VEGETAIS



A umectação também pode ser feita com manteigas, neste caso você pode tanto aplicar a manteiga nos fios ou aquecê-la para ficar derretida, o procedimento de aplicação é o mesmo para com os óleos. Conheça algumas manteigas e seus benefícios




Manteiga de Cupuaçu: Possui extrema capacidade de absorção de água, facilitando a umidade natural e elasticidade com grande eficácia em cabelos secos, onde através da sua alta absorção de água promove uma boa hidratação trazendo de volta a elasticidade.

Manteiga de Cacau: Usada como emoliente, contém antioxidantes naturais e ácidos graxos essenciais com propriedades nutritivas e hidratantes que evitam a perda de água.

Manteiga de Karité: usada para hidratar a pele e os cabelos. É considerada um produto multiuso, que garante pele macia, hidratada,proteção solar eficaz, cabelos brilhantes, couro cabeludo saudável, efeito antipoluição.


Entre outras manteigas como:

Manteiga de Aloe Vera

Mamteiga de Amendoas


Manteiga de Buriti


Manteiga de castanha do pará


Manteiga de andiroba


Manteiga de tucumã


Manteiga manga

ÓLEOS VEGETAIS E SEUS BENEFÍCIOS NOS CABELOS





Óleos Vegetais



Por sua semelhança com a estrutura da pele, os óleos vegetais reagem melhor com o tecido e permitem que tanto a água, como outros princípios ativos existentes nos cosméticos aplicados sejam bem absorvidos.

Extraídos principalmente das sementes de plantas e frutas, os óleos vegetais aumentam a proteção da pele e cabelos contra a perda excessiva de líquidos, permitem a respiração cutânea e assimilam a luz solar. Quando aplicado na pele ou cabelos, grande parte do óleo vegetal é absorvida e processada pelas enzimas, ao contrário dos óleos minerais, que podem causar danos, como o entupimento de poros por serem derivados do petróleo, repelindo a água e impedindo a absorção de ativos de base hídrica.


Saiba como fazer umectação nos fios utilizando Óleos vegetais


Azeite de Dendê (ou óleo de palma)

É um dos princípios ativos de muitos cosméticos. Fonte natural de vitamina E, tocofeiros e tocotrienois que atuam como antioxidantes, o dendê também é rico em vitamina A. Para se ter uma idéia, a quantidade de vitamina A presente é 14 vezes maior do que a encontrada na cenoura. O azeite de dendê possui ácidos graxos similares aos encontrados nos fios, proporcionando hidratação e brilho.

Dicas de uso:


  1. Uma ou duas colheres de sobremesa misturadas ao creme de hidratação dependendo do estado do cabelo e do tamanho do mesmo;


  2. Não há necessidade de lavar com shampoo após a hidratação.
Cuidados:

  1. Loiras devem fazer teste da mecha. Algumas meninas relatam manchas amareladas nos fios;


  2. Condicionar depois da hidratação, para neutralizar o cheiro muito ativo. Apesar que muitas meninas não sentem necessidade;


  3. Se passar o dendê puro use luvas, pois pode manchar a pele. Se misturado ao creme não há riscos de manchas.


Óleo Vegetal de Côco


O óleo de côco natural para reforçar a estrutura de cabelos desvitalizados. Neste caso, o óleo deve ser passado somente nos fios, não sendo utilizado no couro cabeludo.

Para deixar os cabelos menos secos, mais fáceis de pentear e mais fortes, deve ser aplicado uma vez por semana, sem condicionador. "Como apresenta a mesma constituição da derme, o óleo de côco natural ajuda a limpar o cabelo sem agredí-lo, mantendo a sua hidratação natural. O óleo vegetal de côco hidrata e amacia o fio do cabelo, oferecendo grande variedade de elementos nutritivos, como magnésio, potássio, cálcio e ferro”, completa.

Dicas de uso:
  1. Em um liquidificador bata a água de côco com a polpa do fruto verde por um minuto. Para cabelos muito danificados, vale acrescentar um pouco de óleo vegetal de côco. A pasta obtida é aplicada como máscara capilar. Deve ficar sobre os fios durante cerca de 40 minutos e serve para todos os tipos de cabelo. Não tem contra-indicações e pode, inclusive, ser feita em crianças;


  2. Passar nas pontas do cabelo como reparador;


  3. Na umectação noturna;


  4. Junto com a hidratação.

Como conseguir o óleo de côco em casa:


O côco dever ser fresco, maduro. Jamais seco. Uma vez partido, retirar a castanha e ralá-la ou então bater no liquidificador com um pouco de água quente, a película escura deve ser retirada antes.

Uma vez ralado, esprema a massa num pano até extrair o máximo do leite, pode, inclusive colocar mais um pouco de água. Deixe esse leite descansar de um dia para o outro, ou então até que haja a separação do soro. A massa branca tende a ficar na superfície. Descarte o soro. Coloque a massa branca em uma panela e leve ao fogo baixo, conforme vai fritando, o óleo vai se separando. Guarde-o num vidro de preferência escuro.

Em clima frio a gordura do côco solidificar-se-á e em clima quente se manterá líquida. De um côco é possível para extrair aproximadamente 15ml.



Óleo de Babaçu

É produzido pelas amêndoas retiradas do interior do fruto de uma palmeira encontrada no Norte do Brasil.

Apresenta propriedades parecidas com o óleo de dendê. Possui alto teor de ácido láurico.


Use nas hidratações semanais ou para fazer umectação.



Óleo de Mamona


Também conhecido como óleo de rícino. É rico em ácidos graxos e é conhecido por atuar como um umidificante, chamando a si própria umidade. Ele tira as toxinas do couro cabeludo, nutre, hidrata e deixa o cabelo mais encorpado, estimula o crescimento, ajuda a eliminar as pontas duplas e dá balanço. Praticamente milagroso!

Dicas de uso:
  1. Como selante para as pontas;


  2. Como óleo de massagem para o couro cabeludo (se usar depois de uma massagem com açúcar mascavo fica melhor ainda);


  3. Misturar com o condicionador para aumentar o poder de hidratação;


  4. Colocar no cabelo e envolver com uma touca plástica para efeitos de máscara (melhora bastante se misturar com mel e condicionador);


  5. Misturar com outros óleos (jojoba, oliva, côco...) e usar como um tratamento pré-shampoo;


  6. Usar como pós-condicionador quando o cabelo ainda estiver úmido.


Azeite de Oliva

Há cinco mil anos, as mulheres egípcias descobriram os efeitos benéficos do azeite de oliva para sua pele e cabelos e passaram a utilizá-lo como emoliente. O azeite de oliva possui vitaminas A, D, K e E, e é um poderoso antioxidante, o que ajuda a retardar o envelhecimento. A oliveira é uma árvore capaz de regenerar e autoproteger.

Por todas as suas propriedades, ele se revelou como uma estrela da cosmética. Suas aplicações na área da estética e beleza são inumeráveis: funciona como anti-rugas, hidratante e suavizante para peles secas; é purificador, calmante, e serve para amolecer as impurezas da pele e tornar mais fácil a remoção; melhora a elasticidade da pele, dá brilho aos cabelos e é perfeito para banhos relaxantes e massagens.

Dicas de uso:

  1. Colocar uma ou duas colheres de sopa de azeite nas hidratações semanais;


  2. Na umectação;


  3. Passar após o shampoo e deixar alguns minutos;


  4. Puro de um dia para o outro;


  5. Colocar algumas gotinhas no leave in.


Óleo de Linhaça

O óleo de linhaça, ou semente de linho, é um ácido graxo essencial que oferece vários benefícios à saúde, incluindo um bom metabolismo de gordura, produção de energia, regulação de funções celulares e cicatrização de tecidos e machucados. Combate a queda capilar e também acelera seu crescimento.

Dicas de uso:

  1. 2 colheres de máscara hidratante; 1 colher de sobremesa do óleo; 2 ml de Bepantol.
    Misture tudo e aplique no cabelo logo após o enxágue do shampoo. Deixe por uns 3 minutinhos e enxágue. Por fim, passe o condicionador para fechar as cutículas.


  2. 6 colheres de condicionador ; 2 colheres do óleo; 1 colher de queratina em gel; 2 ml de Bepantol.


  3. Misture tudo e aplique no cabelo seco. Deixe agir por umas 4 horas depois enxágue bem.




Fonte blog Cabelos Cacheados

Onde encontrar pela net

http://www.emporioaroma.com.br
http://www.sabaoeglicerina.com.br/